quarta-feira, 6 de fevereiro de 2013

Black wood...


Amigos, boa noite a todos...

Um raro teste feito pela equipe ATS no circuito alemão de Hockenheim em 1980...

Marc Surer era um dos pilotos da equipe mas o teste do ATS D4 foi feito pelo norte-americano Dan Gurney...

Dizem que, durante o funeral de Jim Clark, seu pai confessou a Dan Gurney que ela o único piloto que o filho temia nas pistas. Quanta honra para Gurney...

Na foto o ATS D4 de Marc Surer ao lado do Porsche 804 uso por Dan Gurney durante a temporada de 1962, vencedor do GP da França que foi disputado no circuito de Rouen-les-Essarts...

5 comentários:

TW disse...

Quanta honra mesmo para Gurney!

E esses carros tinham que estar milimetralmente alinhados...

luizborgmann disse...

Olá amigos,
Me parece ser imprescindível o conhecimento mecânico por parte do piloto de competição. Não o conhecimento básico, mas o aprofundado, tanto para o desenvolvimento do carro como na localização de falhas. Já foi comentado anteriormente de que o campeoníssimo Jim Clark desconhecia mecânica com profundidade, será? Ainda hoje se sabe que existem pilotos que só sabem sentar no carro. Não é exagero a afirmação.
luiz borgmann

Ron Groo disse...

Que belíssima foto,

Juanh disse...

Ese ATS D4 era hermoso; en 1980 lo manejaron Marc Surer y Jan Lammers; al año siguiente, ya en la versión D4B, el mismo Lammers y Slim Borgud.
Abrazos!
http://juanhracingteam.blogspot.com.ar/

Ricardo disse...

Linda foto André. Parabéns pelo achado. Quanto ao Dan Gurney, isso foi como ganhar um campeonato