sexta-feira, 30 de março de 2012

"Formigão no açucareiro"...

Ingo Hoffmann faz sua estreia na F1 a bordo do Copersucar/Fittipaldi FD03 no GP do Brasil de 1976... Largou na 20ª posição do grid e terminou a prova em 11º...
Ainda em 1976, GP da França, disputado no circuito de Paul Ricard, Hoffman participou de sua última prova na temporada. Desse vez a bordo do FD04 não conseguindo a classificação para a largada...
Em 1977, no GP da Argentina, Ingo largou da 19ª posição do grid mas no giro #22 abandonou a prova após a quebra do motor...
GP Brasil de 1977, Interlagos... Última participação de Ingo Hoffmann na F1...
Novamente classificou-se na 19ª posição do grid de largada e terminou a prova na 7ª posição, a 2 voltas do vencedor...

11 comentários:

Donato disse...

Boa tarde.
André: reparei no estado do pneu, nesta última foto. Bem estranho ou já bem gasto...

Marcelonso disse...

André,

Ingo escreveu uma bela história no automobilismo.

Alguns dias atrás, ele concedeu uma entrevista bem interessante para o Marcão - GOGPSERIES.

Eis ai um sujeito que merece ser homenageado.


abs

André Candreva disse...

Donato,

acho que está bem gasto mesmo...

abs...

André Candreva disse...

Marcelonso,

vc tem o link da entrevista do Ingo com o Marcão??? Se tiver, nos informe...

Agora, acredito sim que o Ingo mereça toda e qualquer homenagem possível.. foi um dos grandes no nosso automobilismo...

abs...

Anônimo disse...

... e M.C., escreve: o senhor Hoffmann ninguém mais fala mas era o "Mister Stock Cars" até uma certa emissora de TV passar o título para um certo filho de um certo narrador...

André Candreva disse...

M.C.

é verdade... a tal emissora só fala no filho do tal narrador esportivo...

rssr..

abs...

Luciano - Congonhas disse...

Parabens Emerson pela coragem e audacia.... O Maior de todos os pilotos brasileiros.

André Candreva disse...

Luciano,

não só o Emerson mas também o seu irmão Wilsinho são de fato corajosos pois idealizaram e levaram a diante uma ideia de construir um F1 brasileiro...

conseguiram e sobretudo podem ser considerados vitoriosos diante de todas as adversidades encontradas...

abs...

Luiz Paulo Knop disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Luiz Paulo Knop disse...

Ingo era um piloto e tanto, um dos maiores da história do país, mas não fez muito sucesso fora, saiu na hora errada e pra equipe errada.

Na Stock ainda é rei, apesar de não falarem mais o nome dele...

Luiz Paulo Knop
www.resenhaesportiva.com

André Candreva disse...

Luiz,

tem toda razão... e o Ingo merecia maior destaque pois contribuiu intensamente para o esporte a motor no país...

abs...