segunda-feira, 28 de fevereiro de 2011

Fim ou um novo começo?

Depois do anúncio da saída de Tony Kanaan da equipe De Ferran Dragon, Gil de Ferran confirmou que a escuderia da qual era sócio junto a Stephen Luczo e Jay Penske, filho de Roger Penske, não disputará mais a temporada 2011 da Fórmula Indy.

É sem dúvida mais uma notícia triste, principalmente porque envolve um nome que angaria um respeito tremendo de seus colegas dentro e fora das pistas. Gil sempre foi um piloto acima da média, graças à formação técnica que adquiriu na Faculdade Mauá, onde cursou engenharia. E por onde passou, exceto a Fórmula 1, venceu. Do kart à Fórmula Indy, culminando com o fim de sua carreira de piloto na American Le Mans Series – com direito a uma passagem pela categoria máxima do automobilismo como diretor esportivo da Honda.

Findo o sonho da equipe brasileira na ALMS e Le Mans, Gil associou-se ano passado a Luczo e Jay Penske, que já dividiam a sociedade na então Luczo Dragon e o time mudou de nome para De Ferran Dragon, colocando um carro na temporada inteira da Indy para Raphael Matos e um outro monoposto em eventos selecionados para o veterano Davey Hamilton.

No fim do ano, quando Tony Kanaan foi dispensado da Andretti Autosport por conta do fim do contrato da equipe com a 7-Eleven, ele e Gil chegaram a anunciar um acordo onde a equipe faria um carro para o campeão da Indy em 2004. Mas, como todo mundo sabe, Kanaan teria que levar patrocínios: ele conseguiu o apoio da Cervejaria Petrópolis, mas o budget angariado cobria apenas 50% do valor que a equipe precisava para disputar uma temporada completa.

Tony foi liberado para procurar uma outra escuderia e Gil De Ferran jogou a toalha. Sem dinheiro e sem piloto, ele e seus sócios fecham as portas.

Kanaan já busca outros caminhos para seguir na Fórmula Indy. É claro que não há mais assentos disponíveis em equipes como a Penske e a Ganassi, por exemplo, que já definiram seus pilotos. Mas uma equipe tradicional como a Newman-Haas ainda não definiu absolutamente ninguém para a temporada deste ano. Quem sabe Tony?

Nenhum comentário: