segunda-feira, 4 de outubro de 2010

Franchitti é novo campeão da Indy

Franchitti é tri-campeão da Indy
A Indy é, mais uma vez, de Dario Franchitti. O escocês precisou apenas do oitavo lugar e de um quê de sorte para conquistar o seu terceiro título da categoria, no GP de Homestead, neste sábado (2). A parte da sorte ficou por conta de Will Power, rival na disputa pelo título, que bateu e, com a suspensão quebrada, teve de abandonar a prova.

A vitória ficou com Scott Dixon, que deu mais um motivo para Chip Ganassi comemorar. A segunda colocada foi Danica Patrick, com uma investida muito forte no fim da corrida. Tony Kanaan, sempre sólido, completou o pódio.

A prova – Tudo começou como se esperava, com Dixon dedicado a proteger Franchitti de ataques dos rivais. Um destes foi Kanaan, que largou muito bem e pulou do oitavo para o terceiro lugar.

Na volta 11, Power já havia caído para o quarto posto. Pouco depois, o trio da liderança já havia aberto mais de 1s para o australiano. Em seguida, Will perdeu rendimento e caiu para oitavo.
Mario Moraes não pôde aproveitar muito de sua última corrida em 2010: já no giro 35, teve de deixar a oitava posição e ir para os boxes, por conta de um problema na coluna de direção. A KV até tentou resolver, mas, depois de voltar à pista, Mario notou que a sustentação do volante quebrou, o que significou o fim da prova para ele.

A bandeira amarela adiantou a primeira janela para reabastecimento. Nesta, Kanaan vacilou ao colocar o carro em neutro sem querer na saída da área de pit-stop. Por isso, caiu de segundo para quinto. Briscoe, por sua vez, saiu de quarto para segundo, com a manutenção de Dixon em terceiro. Power subiu só uma posição, chegando a sétimo.

Bia Figueiredo teve vida "curta" na prova
A relargada movimentou o pelotão da frente: Briscoe, Kanaan e Dixon passaram pela ponta, mas, em 14 voltas, Dario voltou à liderança. Enquanto isso, Power já era o quarto.

A corrida, entretanto, estava muito agitada para o normal de Homestead. A partir de quando Franchitti reassumiu a dianteira, foram 40 voltas de tranquilidade para o escocês. Neste período, Dario aproveitou para garantir os dois pontos de bônus por ser o piloto que mais liderou voltas na prova.

Tanto esforço de Franchitti até perdeu a importância. Isso porque, na volta 134, Power deixou o carro escapar de frente e esfregar no muro. Em seguida, Will parou torto nos boxes por conta de um problema na suspensão traseira — provavelmente o que causou o incidente anterior.
Milka Duno não se "entendeu" com o carro na temporada
A Penske correu contra o tempo e conseguiu trocar rapidamente a peça — mais precisamente, em 5min6s. O dono do carro 12, porém, voltou 5 voltas atrás do líder e adversário Dario.

O trabalho da equipe de Roger Penske não foi suficiente: Will até voltou à pista, mas teve de devolver o carro ao time, que voltou a tentar resolver o problema. Power até saiu do carro, o que praticamente assegurava o título para Franchitti.

Depois de uma longa bandeira amarela, mais uma interrupção, esta para remoção de detritos.

Enquanto isso, Tony Kanaan, Bertrand Baguette e EJ Viso eram punidos por sair dos boxes com o bocal da mangueira de reabastecimento ainda preso aos carros.

Faltando 25 voltas, com Power fora da corrida, só uma esperança havia para o australiano: Dario precisava ficar abaixo do nono lugar ou abandonar. Foi quando Milka Duno — quem mais? — rodou sozinha e por pouco não atingiu o escocês antes de se chocar com o muro. Franchitti vinha em nono.
Enquanto isso, Dixon e Kanaan vinham em primeiro e segundo, com Danica Patrick e Castroneves no terceiro e no quarto lugares. Dixon e Helio, porém, tinham uma parada a menos. A pilota forçava muito para ultrapassar o brasileiro, que dificultava a manobra ao máximo.

Foi só no finzinho, na última volta, que Danica conseguiu passar Tony. Na frente, continuou Dixon, completando a festa da Ganassi em Miami.

Indy, Homestead, final:


1
Scott DIXON
Ganassi
NZL

1:52:08.558
200 voltas



2
Danica PATRICK
Andretti
EUA

+2.758




3
Tony KANAAN
Andretti
BRA

+2.769




4
Ryan BRISCOE
Penske
AUS

+3.782




5
Helio CASTRONEVES
Penske
BRA

+5.332




6
Vitor MEIRA
Foyt
BRA

+7.212




7
Marco ANDRETTI
Andretti
EUA

+8.363




8
Dario FRANCHITTI
Ganassi
ESC

+11.140




9
Dan WHELDON
Panther
ING

+22.252




10
Graham RAHAL
Newman/Haas
EUA

+1 volta




11
Ryan HUNTER-REAY
Andretti
EUA

+1 volta




12
Alex LLOYD
Dale Coyne
ING

+1 volta




13
Ed CARPENTER
Panther/Vision
EUA

+1 volta




14
Alex TAGLIANI
FAZZT
CAN

+1 volta




15
Bertrand BAGUETTE
Conquest
BEL

+1 volta




16
Sebastián SAAVEDRA
Conquest
COL

+1 volta




17
Raphael MATOS
Luczo Dragon/De Ferran
BRA

+1 volta




18
Takuma SATO
KV
JAP

+1 volta




19
Ernesto VISO
KV
VEN

+2 voltas




20
Hideki MUTOH
Newman/Haas
JAP

+2 voltas




21
Justin WILSON
Dreyer & Reinbold
ING

+2 voltas




22
Sarah FISHER
Sarah Fisher
EUA

+3 voltas




23
Simona DE SILVESTRO
HVM
SUI

+3 voltas




24
Milka DUNO
Dale Coyne
VEN

Abandonou
/acidente



25
Will POWER
Penske
AUS

Abandonou
/mecânico 



26
Bia FIGUEIREDO
Dreyer & Reinbold
BRA

Abandonou
/acidente



27
Mario MORAES
KV
BRA

 Abandonou
/mecânico

Nenhum comentário: