segunda-feira, 2 de agosto de 2010

Webber: simplesmente perfeito

Após a disputa do Grande Prêmio da Hungria, realizado no circuito de Hungaroring, a F1 tem um novo líder... é o australiano Mark Webber da RBR. Ele assumiu a liderança do mundial de pilotos ao vencer o GP com maestria e apostar no jogo de pneus macios que duraram 43 voltas. Algo que ninguém apostava. E claro, o perfeito equilíbrio que o RB6 possui, fruto de um desenvolvimento do genial Adrian Newey. O carro está num nível de desenvolvimento que as demais equipes de ponta teimam em dizer que existe algo irregular, mas não há o que questionar. Webber também foi beneficiado pela desistência de Lewis Hamilton que teve um problema mecânico em sua McLaren.

Com a vitória, Mark Webber alcançou o 4º triunfo na temporada em 12 provas disputadas. Alonso, Hamilton, Vettel e Button tem 2 vitórias cada.

Fernando Alonso segue na caça aos líderes e terminou a prova em 2º. Vettel, punido pelos comissários por ter infringido o regulamento durante a permanência do safety car terminou em 3º e está a 10 pts do líder do mundial.

A corrida teve poucas ultrapassagens em função do traçado sinuoso. Sempre foi assim na Hungria e também pelo fato dos atuais carros gerarem uma pressão aerodinâmica muito grande e os motores serem equivalentes, dificultando as ultrapassagens. Que o diga Sebastian Vettel quando tentou ultrapassar Fernando Alonso e não obteve êxito.

Um fato curioso da prova foi a desatenção do mecânico da Renault que liberou o polonês Robert Kubica do seu pit stop sem notar a presença do carro de Adrian Sutil da Force India. Os dois se tocaram e acabaram prejudicados. Tambem, por falta de atenção do mecânico, agora da Mercedes, Nico Rosberg ficou sem a roda traseira quando saia dos boxes e terminou mais cedo sua corrida.

Rubens Barrichelo e Michael Schumacher travaram um belo duelo nas voltas finais disputando a 10ª posição. Melhor para barrichelo que conseguiu superar o heptacampeão e desafeto declarado, que sempre que pode, adota o estilo Dick vigarista. Ao ultrapassar o alemão, Barrichelo foi empurrado em direção ao muro e por pouco não houve um acidente grave entre os dois. Schumacher sofrerá uma punição pela atitude anti-esportiva.

Felipe Massa fez o que pode com sua Ferrari e terminou na 4ª posição, depois da polêmica durante a semana quando cedeu a posição para o companheiro Alonso no GP da Alemanha depois de uma ordem da equipe Ferrari. Essa atitude da equipe foi muito criticada mundo afora e também terá uma punição a ser anunciada no dia 10/9 pela FIA.

Bruno Senna terminou em 18º e Lucas de DiGrassi em 19º.

A equipe McLaren vem sofrendo nas 3 últimas corridas. Desde que estreou seu novo pacote aerodinâmico no GP da Inglaterra, no início de julho, os carros prateados de Jenson Button e Lewis Hamilton não tiveram o mesmo desempenho de antes. E o resultado negativo já apareceu: Lewis Hamilton perdeu a liderança do mundial de pilotos e a McLaren do mundial de construtores.


A classificação do mundial de pilotos ficou assim:

1)    Mark Webber -> 161
2)    Lewis Hamilton -> 157
3)    Sebastian Vettel -> 151
4)    Jenson Button -> 147
5)    Fernando Alonso -> 141
6)    Felipe Massa -> 97
7)    Nico Rosberg -> 94
8)    Robert Kubica -> 89

E a classificação do mundial de construtores:

1)    RBR -> 312
2)    McLaren -> 304
3)    Ferrari -> 238

O próximo GP será no dia 29/08 – na Bélgica.

Nenhum comentário: