quinta-feira, 8 de outubro de 2009

Fiasco à vista... Será?

A Manor não vai usar túnel de vento no projeto do seu suposto carro de F-1 para a temporada do ano que vem.
O modelo, diz o projetista Nick Wirth, ex-dono da Simtek, será todo desenvolvido no computador, via CFD (Computational Fluid Dynamics). "Não vamos gastar um dia no túnel de vento. Nem para verificações."

Diagnóstico de um amigo engenheiro, com anos e anos de F-1: "vai ser triste".

Nenhum comentário: