quinta-feira, 5 de fevereiro de 2009

O chefão sai de cena...

Depois de 43 anos envolvido com a Fórmula-1, sendo 28 deles no comando da McLaren, eis que Ron Dennis anunciou sua aposentadoria. Ele já havia dado indícios de que estava perto de parar durante uma entrevista à revista inglesa F1 Racing, no final de 2007, mas o anúncio de sua aposentadoria certamente pegou muita gente de surpresa.

Ron Dennis sai de cena no dia 1º de março, assumindo outras áreas como presidente executivo do grupo e passando o bastão ao seu braço direito, Martin Whitmarsh. Mas deixa registrada uma história recheada de glórias, que teve início em 1966, na lendária equipe Cooper, onde trabalhou como mecânico do austríaco Jochen Rindt.

Ao assumir o comando da McLaren, em 1981, Dennis imediatamente tornou-se um dos principais responsáveis por transformar a Fórmula-1 em sinônimo de tecnologia no cenário automobilístico, filosofia que vem seguindo até hoje, com inegável sucesso. Afinal, em seus quase 30 anos à frente de uma das mais respeitadas equipes da categoria, foram nove títulos de pilotos e sete de construtores.

Sem dúvida, uma marca respeitável e que ficará para sempre registrada na memória dos amantes do automobilismo mundial.

Nenhum comentário: